quinta-feira, 20 de junho de 2013

À espera


Esses dias, enquanto passeava pelos meus blogs favoritos, vi o texto "À espera" da Ana Loureiro, que escreve no Moda Custom.
Sabe quando a gente acha que "quando eu me formar eu vou procurar um emprego melhor", "quando eu casar eu vou ser mais feliz", ou "segunda-feira eu começo o regime" são verdades absolutas? No fundo, no fundo, essas frases são apenas muletas para que a gente não precise começar AGORA o que a gente sabe que precisa fazer. Então. Enquanto isso, a nossa vida fica em stand by, à espera...

A Ana diz assim no texto dela: 

"Ontem, antes de dormir, ela pensou: “Amanhã é o dia! O dia em que eu vou acordar cedo e reservar um tempo para que tudo seja diferente. Vou amarrar o cabelo como vi na capa daquela revista, vou passar o delineador como o da Audrey Hepburn, que sempre achei tão lindo. Não interessa o que os outros vão pensar, mas amanhã o meu vestido de bolinhas sai do armário. E quem sabe não coloco aquele colar novo também... Com certeza, vai ficar lindo!”

Mas ao acordar, ela tomou o mesmo café com leite de toda manhã, pois não estava disposta a provar o novo chá de uma fruta exótica com aroma de pétalas de flores de nomes difíceis que havia comprado.

Depois de prender o cabelo, se olhou no espelho e achou a cabeça meio grande, estranha: “Se minha cabeça fosse menor, como a da modelo da revista, esse cabelo teria ficado bom em mim”. Soltou o cabelo, como em todos os dias, e tentou prosseguir com o restante do plano da noite anterior..."

Para ler o texto na íntegra, clica aqui. Vale a pena, viu? E não vamos esquecer de colocar aquele plano de felicidade em prática JÁ!

Um comentário: