quarta-feira, 22 de junho de 2011

Xadrez é sinônimo de festa junina?


O inverno chegou e com ele as roupas nas padronagens em xadrez. E poucas coisas me deixam mais irritada (falando de moda) que ouvir alguém perguntando: "Vai dançar quadrilha?" pra alguém só porque a pessoa está vestindo roupa xadrez.

O xadrez surgiu na Escócia durante o século XIX para diferenciar os diversos clãs e famílias do lugar. Cada grupo possuía um xadrez específico!
Depois da Segunda Guerra Mundial, ele virou mania, e hoje em dia é estampa fundamental em qualquer guarda-roupa, e é considerada uma estampa atemporal, ou seja, NUNCA sai de moda.
Tradicionalmente ocupava os armários masculinos, até que Chanel adaptasse o padrão para as mulheres.
Esteve presente em todas as décadas  do século passado.
Nos anos 90, com o sucesso do movimento grunge, em Seattle-EUA, essas camisas viraram uma febre e a combinação da camisa xadrez bem solta com uma camiseta por baixo, calça surradíssima e tênis All Star era o uniforme de boa parte da juventude na época.

Para quem não sabe, o xadrez é dividido em diferentes tipos de padronagem. Vamos conhecer um pouco dos mais famosos e ver quais famosas usam:

Xadrez tartã: geralmente na cor vermelha e com quadrados grandes ou médios, é símbolo das famílias tradicionais da Escócia. 
 
 
 
 
 

Xadrez madras: esta padronagem é mais delicada, marcada por tecidos leves e linhas coloridas.
 


Xadrez vichy: de quadrados miúdos, aparece bastante em aventais e toalhas de mesa. Os tons costumam ser vermelho, branco e preto.

Xadrez príncipe de Gales: perfeito para roupas de alfaiataria pela predominância de cores sóbrias, como o cinza e o preto.

 
 
 

Xadrez pied-de-poule: popularizado por Coco Chanel, a padronagem desta estampa lembra um pé de galinha. O pied-de-coq tem quatro pontas, ao invés das tradicionais três do pied-de-poule.
 

Xadrez Burberry: a estampa é marca registrada da grife de luxo britânica, aparecendo como revestimento de casacos e bolsas Burberry, além de perfumes e acessórios.
 
 
 
 

E ai? Algum look aqui em cima tem cara de festa junina?

Como usar:

  • Em looks mais despojados e casuais escolha os tons mais vivos. Nos clássicos opte pelos neutros;
  • As gordinhas e os gordinhos devem dar preferência às estampas menores em tonalidades escuras;
  • As baixinhas e os baixinhos também devem dar preferências às estampas xadrezes menores e apenas em uma peça, para não encurtar a silhueta ainda mais;
  • Corpos em formato triângulo-invertido podem se beneficiar da estampa xadrez grande, usando-a em calças, saias ou shorts com camisas escuras;
  • Corpos em triângulo devem fazer o contrário;
  • Para fugir de looks muito caricatos, esqueça a combinação xadrez + botas country. Misture a estampa com peças menos óbvias para criar um mix de estilos.
Fonte: divadiz

4 comentários:

Christiellen disse...

ADOREI um post muito bem explicativo, parabéns Prii!

Christiellen disse...

ADOREI um post muito bem explicativo, parabéns Prii!

Letícia Lino disse...

Oi Priscila!!!
Vc tem razão!!! Para o xadrez não há hora nem lugar...
cai bem contudo ....

Amei o pots!!!

bjs

até mais

Bruh disse...

Eu aaaaaamo xadrez!
beijos